25 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
30/10/23 às 17h14 - Atualizado em 30/10/23 às 17h14

Reconstrução do asfalto da Elmo Serejo vai beneficiar 200 mil pessoas

COMPARTILHAR

O Governo do Distrito Federal (GDF) está reconstruindo o asfalto da Avenida Elmo Serejo e ampliando a rede de águas pluviais de Ceilândia. A extensão dos serviços de recapeamento na via de 3,5 km tem valor estimado de R$ 4,2 milhões de investimento do GDF.

De acordo com o administrador da cidade, Dilson Rezende de Almeida, um terço de Ceilândia será beneficiado com as obras na região, uma estimativa de 200 mil pessoas, entre moradores, motoristas e pedestres. A troca do asfalto antigo pelo novo em uma das principais vias da cidade, que liga o Túnel Rei Pelé e o centro de Taguatinga à região do Pôr do Sol, também promove melhorias nos acessos a todas as quadras e ruas de Ceilândia Sul, Guariroba e P Sul.

Arte: Agência Brasília

“É uma via muito importante, de muito movimento, que estava com o asfalto bastante deteriorado. Então, por determinação do governador [Ibaneis Rocha], a Novacap e a administração fizeram o levantamento e foi contratada uma empresa, que está fazendo toda a troca do asfalto”, afirma o administrador. “Aqui não é tapa-buraco, é a troca da base até a capa, refazendo tudo. É um trabalho permanente e duradouro”, acrescenta Dilson.

Obra na região do Instituto Federal de Brasília, campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB) | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

De acordo com ele, a obra segue no ritmo previsto e está em estágios avançados na região do Instituto Federal de Brasília, campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB) e Estação Centro Metropolitano. As equipes também fazem encabeçamentos, que são espécies de rampas com declividade que dá condições de um carro ou caminhão subir e atravessar para os acessos das vias que ainda não receberam intervenções.

A aposentada Iondes Marçal Ferreira, 76 anos, mora em Ceilândia e passa pelo local quase todos os dias para chegar em casa. Para ela, a reforma vai trazer conforto e segurança aos condutores. “A importância [da obra] é muito grande, porque às vezes a gente passa de carro e está um buracão, que estraga o carro da gente. Arrumando assim vai ficar ótimo”, destaca.

Wellington Marçal Ferreira: “Acho muito importante a atenção do governo aqui”

O filho de Iondes, Wellington Marçal Ferreira, reforçou o benefício da nova via para que os veículos pesados consigam passar e manter a velocidade. Próximo dos 60 anos, o eletricista também pontuou sobre outras renovações feitas na região. “É importante para os ônibus e caminhões que passam, porque aqui não é BR, mas de manhã os ônibus já estão esquentando o asfalto. É ótimo contar, não só com essa obra, mas com as reformas que fizeram também nas nossas quadras, nossas ruas. Acho muito importante a atenção do governo aqui”, observa o morador.

Uma nova calçada foi liberada para uso, com uma ciclofaixa que faz ligação com o campus Ceilândia da UnB e o Instituto Federal, dando acesso à Estação Ceilândia Sul do Metrô. A obra veio de uma emenda parlamentar do deputado distrital Gabriel Magno. Segundo o administrador regional de Ceilândia, a calçada proporciona acessibilidade de estudantes aos pontos de ônibus. “Antes era só terra e agora tem uma rota acessível para os alunos. É uma demanda da comunidade que foi atendida e eles estão muito satisfeitos”, relata Dilson.

Chuvas 

Com o período das chuvas, as obras de asfalto vão ter que ser paralisadas. Mas, de acordo com o administrador, para o ano que vem já existe a previsão de implementar o mesmo trabalho de reconstrução de pavimento em outras grandes vias da região administrativa. “A Novacap está em fase de projeto para contratação, então os trabalhos não param por aqui e o recapeamento iniciará quando as chuvas pararem novamente”, aponta Dilson.

(Com Informações da Agência Brasilia)

Mapa do site Dúvidas frequentes