19 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
10/07/23 às 10h26 - Atualizado em 10/07/23 às 10h26

Simulação de acidente grave aprova operações de socorro no Túnel Rei Pelé

COMPARTILHAR

O Túnel Rei Pelé, em Taguatinga, foi aprovado em seu primeiro teste, na tarde deste domingo (9). Maior obra viária do Distrito Federal e inaugurada no início de junho, ele recebeu seu primeiro exercício simulado de acidente de trânsito numa grande operação envolvendo nove órgãos de governo. Em um cenário que cairia bem em um bom filme, mais de 50 servidores participaram da ocorrência e o tempo resposta para o atendimento às vítimas de um acidente grave foi de 4 minutos.

Simulação de acidente grave no Túnel Rei Pelé envolveu nove órgãos do GDF e 50 servidores voluntários. Avaliações de treinamento foram positivas | Fotos: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Ao longo de 40 minutos, forças de segurança e equipes de atendimento médico se mobilizaram para atender uma batida grave envolvendo dois veículos e uma motocicleta. Viaturas do Corpo de Bombeiros, do Samu e da Polícia Militar entravam em alta velocidade e com as sirenes ligadas a todo momento no Túnel Norte – que liga o Plano Piloto a Ceilândia. A missão: atender a duas vítimas em estado grave (uma presa às ferragens) e duas em situação estável. Já ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) e ao Detran coube fechar o trânsito e, ao final, remover os veículos do local.

Coronel Rodrigo Freitas considerou o treinamento um sucesso

Tudo era monitorado pelo centro de controle operacional do túnel – uma central que reproduz as imagens de 22 câmeras instaladas em diversos pontos do monumento. Ao final do primeiro simulado, o resultado foi considerado positivo.

“Consideramos um sucesso, visto que os quatro minutos que o Corpo de Bombeiros levou para chegar ao local foi um baixo tempo de resposta ”, pontuou o técnico da Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi) da Secretaria de Segurança Pública, coronel Rodrigo Freitas. As vítimas fictícias eram servidores da Secretaria de Obras, que toparam participar da aventura.

Estevão Gonçalo, do DER-DF, disse que o treinamento ajuda no dia a dia das equipes de trânsito

“Em seguida, chegou o Samu e outros órgãos. E foi uma situação ordinária, inesperada, em que os agentes não estavam posicionados aqui no momento do acidente”, acrescentou. Representante do DER-DF, o chefe do Núcleo de Operações de Trânsito do departamento, Estevão Gonçalo, explicou como o treinamento ajuda no dia a dia das equipes de trânsito. “Com o simulado, os agentes se atualizam sobre as práticas de segurança e sobre como é a dinâmica do túnel. Um local onde não temos um canteiro, por exemplo, onde não há espaço para um pouso de helicóptero”, destacou.

Coronel Rodrigo Rasia, do Corpo de Bombeiros, considera a atividade essencial para manter a sincronia entre as equipes

Com 15 homens envolvidos no atendimento, o Corpo de Bombeiros deslocou rapidamente os militares do 2º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), que fica próximo à região central de Taguatinga. “Consideramos essencial esse tipo de atividade para manter essa sincronia entre as equipes. Nós bombeiros, o Samu, os órgãos de trânsito, a polícia, todos integrados para, quando houver o cenário real, já sabermos o melhor caminho”, pontuou o comandante do quartel, coronel Rodrigo Rasia.

Secretária executiva de Obras, Janaína Chagas anunciou outras encenações, como a de um incêndio e com pessoas deixando o túnel a pé

Conforme lembrou a secretária executiva de Obras, Janaína Chagas, que participou da concepção do Túnel Rei Pelé, esta foi apenas a primeira simulação neste formato no local. Outras encenações, como a de um incêndio e com pessoas deixando o túnel a pé, também serão treinadas. “O túnel tem características particulares. Ele é um espaço confinado, com acessos restritos, diferentes de outras obras viárias, como os viadutos, que são abertos. Então, esse tipo de cuidado, de observação, é muito necessário”, concluiu.

Simulação de acidente com múltiplas vítimas no Túnel Rei Pelé
– Duração da ocorrência: 40 minutos
– Fechamento do trânsito nos túneis Sul e Norte: 1h15
– Veículos envolvidos na simulação: 2 camionetes e 1 motocicleta
– Vítimas do acidente simulado: 4, sendo duas em estado grave

Órgãos envolvidos no treinamento
– Secretaria de Segurança Pública (SSP)
– Corpo de Bombeiros (CBMDF)
– Departamento de Trânsito (Detran-DF)
– Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF)
– Polícia Militar (PMDF)
– Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)
– Secretaria de Obras e Infraestrutura
– Administração Regional de Taguatinga
– Neoenergia

(Com Informações da Agência Brasilia)

Mapa do site Dúvidas frequentes