14 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
7/06/23 às 10h42 - Atualizado em 7/06/23 às 10h42

Boulevard e marginais do túnel terão acesso a BRT e ônibus circulares

COMPARTILHAR

Falta pouco para que o Túnel Rei Pelé seja 100% entregue à população. O próximo passo é concluir as últimas etapas do boulevard, com uma pista exclusiva para ônibus que integra o Corredor Eixo Oeste. Este é o mais ambicioso projeto de mobilidade urbana do Distrito Federal, com total de 14.960 m² apenas na ligação entre a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e a Avenida Elmo Serejo.

“Precisamos fazer uma complementação de calçada, ciclovias, paisagismo e instalação de alguns equipamentos públicos. Além disso, ainda há alguns trechos da obra viária a serem concluídos”, detalha o secretário de Obras e Infraestrutura, Luciano Carvalho.

No Corredor Eixo Oeste, o trecho que passará por cima do Túnel Rei Pelé terá 1.010 metros de extensão | Foto: Anderson Parreira/Agência Brasília

“Precisamos fazer uma complementação de calçada, ciclovias, paisagismo e instalação de alguns equipamentos públicos. Além disso, ainda há alguns trechos da obra viária a serem concluídos”Luciano Carvalho, secretário de Obras

Ao todo, o corredor terá 38,7 km de extensão, conectando o Sol Nascente/Pôr do Sol ao Plano Piloto em um trajeto de apenas 30 minutos. O traçado passa pelas avenidas Hélio Prates e Comercial Norte, Centro de Taguatinga e EPTG, desmembrando-se entre Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig) e Estrada Setor Policial Militar (ESPM).

O trecho do Corredor Eixo Oeste que passará por cima do Túnel Rei Pelé terá 1.010 metros de extensão. Vão circular pela faixa exclusiva somente os ônibus das linhas que operam na região e contam com portas dos dois lados. Os outros veículos que não se enquadrarem nessas condições seguirão a operação pelas vias marginais.

Pela marginal sul, passando pela antiga parada do Bradesco, vão se movimentar os ônibus circulares e os de linhas expressas e semiexpressas que se destinam ao Plano Piloto, via EPTG.

Para o Plano Piloto, são 43 linhas operadas por 138 veículos que não possuem portas dos dois lados, com oferta de 705 viagens por dia, além de 28 linhas circulares, com 145 veículos que realizam 851 viagens por dia.

Com o Corredor Eixo Oeste, a expectativa é beneficiar 259 mil usuários do transporte público e interligar 13 regiões administrativas com 24 linhas, envolvendo 97 veículos que fazem 697 viagens por dia saindo de Taguatinga, Ceilândia, Samambaia e Sol Nascente/Pôr do Sol no sentido Plano Piloto.

(Com Informações da Agência Brasilia)

Mapa do site Dúvidas frequentes